Ambiente de Homologação

Em meio à crise no Equador, Corinthians segue planejamento para disputa da Libertadores

Técnico Arthur Elias fala da atual situação enfrentada pelo elenco alvinegro no país anfitrião e comenta o trabalho de preparação realizado para a competição continental

09/10/2019 15h36 Agência Corinthians

A- | A+

Bruno Teixeira/Agência Corinthians

O Corinthians está em Quito, no Equador, para a disputa da Copa Libertadores Feminina. No país desde o início da semana, as atletas do futebol feminino passam por um período de adaptação para a estreia do Timão na competição, marcada para o dia 12, às 19h (horário de Brasília), diante do anfitrião Club Ñañas.

Desde o final da última semana, o Equador tem vivenciado diversos protestos e conflitos nas ruas. Arthur Elias, técnico do Corinthians, contou como tem sido o dia a dia de sua equipe em meio ao cenário conturbado encontrado em Quito. “Chegamos no domingo e a situação no país é realmente complicada. Foi decretado o estado de exceção e na segunda-feira o governo anunciou a troca de sua sede para Guayaquil. Nas ruas, são muitos protestos, alguns deles com conflitos e violência. Ontem (terça-feira), precisamos deixar o hotel onde estávamos, no centro de Quito, por medida de segurança, a pedido do Comitê Organizador Local (COL).  Lá está o foco das manifestações. Mas, apesar desse contexto estamos todos bem", afirmou.

Arthur ainda aproveitou para elogiar a atuação do COL. “O pessoal do Comitê Organizador tem tido uma atuação excelente conosco. Estamos tendo todo o suporte, respaldo e atenção para tudo. Todos os deslocamentos que fazemos contam com escolta policial. Além disso, temos total apoio da presidência do clube e da direção da modalidade, na figura de Cristiane Gambaré, que nos acompanha aqui no Equador”, disse.

Ainda não há um posicionamento oficial da Conmebol, entidade organizadora do torneio, sobre a sequência da programação da Copa Libertadores Feminina. O conselho técnico da competição está previsto para esta quinta-feira, onde esperam-se orientações em relação aos próximos dias das equipes.

Falando da preparação da equipe, o treinador realizou até aqui um treinamento com bola no país. Para ele, o saldo da atividade foi positivo. “Ontem conseguimos realizar um treinamento com bola. Estamos com uma delegação que oferece um grande apoio para as atletas e todas estão bem, com poucos problemas em relação a altitude. Algumas sentiram um pouco mais de cansaço e a Tainá buscou uma adaptação com a velocidade da bola. Tudo dentro do esperado”, finalizou.

Nesta quarta-feira (09), o Corinthians foi comunicado que qualquer saída para treinamento estava vetada pelo policiamento local por questões de segurança. Nesse sentido, a equipe realizará atividades no hotel para não interromper o planejamento de treinos para a competição continental.

A estreia corinthiana no torneio continental está marcada, inicialmente, para o sábado, às 19h (horário de Brasília), diante das equatorianas do Club Ñañas, com transmissão ao vivo do DAZN. O Timão integra o Grupo C do torneio, ao lado do América de Cali (COL) e do Libertad/Limpeño (PAR).



Tags: Futebol Feminino, Notícias

Categoria(s): Futebol Feminino