Ambiente de Homologação

Dyego Coelho: “Vai ser uma batalha contra o Ceará, mas vamos para cima"

Após ser superado pelo Atlético-MG na rodada do Brasileirão, treinador comentou sobre o objetivo da equipe na competição

01/12/2019 22h00 Agência Corinthians

A- | A+

Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Neste domingo (01), na Arena Independência, o Corinthians foi derrotado pelo Atlético-MG por 2x1, em jogo válido pela 36° rodada do Brasileirão. Janderson marcou o único gol do Timão. A equipe agora ocupa a oitava posição da competição.

Após o jogo, o técnico interino Dyego Coelho concedeu entrevista coletiva. Nela, o técnico falou sobre a ofensividade do time no segundo tempo, analisou os próximos passos e prometeu entrega em busca da vaga na próxima edição da Conmebol Libertadores.

O treinador avaliou o dia de Janderson. O atleta marcou o gol alvinegro no jogo, mas esteve envolvido na jogada que gerou o segundo gol adversário. Ele defendeu o seu comandado, que, aos 20 anos, fez apenas a oitava partida como titular na temporada.

"A gente precisa ter paciência com Janderson, em questão tática, mas tem muito talento. Mais velhos ajudam, essa mudança de comportamento com a bola é 100% dos jogadores. A gente tem uma ideia e eles precisam querer. Janderson se encaixa nisso, tem ajuda dos experientes.Vai oscilar, mas é uma joia que a gente tem", elogiou.

Coelho analisou o confronto deste domingo. Para ele, o time lutou muito e poderia ter saído com um resultado melhor. Isso explica as alterações que fez na segunda etapa, jogando o time para frente.

"Para colocar 3 atacantes, tem que organizar o centro, para fazer a bola chegar com qualidade. Tentei deixar Pedrinho junto com Vital, Fagner mais na frente, Carlos estava sentindo. A gente precisava jogar melhor no meio para a bola chegar com mais qualidade. Foi o que a gente combinou no 1º dia de treino, que dentro ou fora de casa, a gente ia fazer o torcedor entender que a gente ia jogar para frente. Tenho boa resposta deles, às vezes o resultado não vem. Buscamos o gol, quando o time joga para frente eu fico muito satisfeito” disse o técnico.

O treinador alvinegro analisou a briga para garantir a vaga na próxima edição da Conmebol Libertadores. Seu anseio é entregar o clube classificado para a competição continental. E esse pensamento se mantém no próximo jogo da equipe, contra o Ceará, na próxima quarta-feira (04), também fora de casa.

"Espero entregar na Libertadores, independente de qualquer coisa. Vim ajudar o clube que sempre me acolheu, com uma maneira diferente de jogar, ir para cima., A briga é boa. Jogos muito difíceis, vai ser uma batalha contra o Ceará, mas vamos para cima", projetou.

Próximos Jogos

Além da partida contra o Ceará, na quarta, o Coringão encerra a temporada no próximo domingo (08/12). Em jogo válido pela última rodada do Brasileiro, a equipe enfrenta o Fluminense, na Arena Corinthians, às 16h. Para este jogo, sócios do Fiel Torcedor já podem garantir lugar pelo www.fieltorcedor.com.br, e não-sócios têm o www.ingressoscorinthians.com para comprar suas entradas.


Tags: Notícias, Futebol

Categoria(s): Futebol